Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
PF faz buscas no Congresso em operação contra fraudes em fundos de pensão
Policiais vasculharam o gabinete na Câmara do deputado Sergio Souza, do MDB, onde recolheram documentos e arquivos digitais. PF faz operação para investigar corrupção em fundos de pensão. A Polícia Federal realizou, nesta segunda-feira (21), uma operação para investigar corrupção em fundos de pensão. Houve buscas e apreensões inclusive no Congresso. Os policiais vasculharam o gabinete do deputado Sergio Souza, do MDB, na Câmara, onde recolheram documentos e arquivos digitais. Sergio Souza foi o relator da CPI dos fundos de pensão, de 2015 a 2016. E no dia da apresentação do relatório, há pouco mais de três anos, o deputado fez críticas à corrupção no país: “Cifras bilionárias envolvidas em esquemas de corrupção são diariamente descobertas pelas investigações conjuntas do Ministério Público e da Polícia Federal”. A Polícia Federal suspeita que naquela época, durante a CPI, o deputado Sergio Souza estava recebendo propina. Essa suspeita surgiu a partir da delação premiada do doleiro Lúcio Funaro, preso em junho de 2016, apontado como operador financeiro de esquemas de corrupção na Caixa Econômica Federal e em fundos de pensão. A PF diz que os recursos desviados dos fundos de pensão eram repassados para empresas de fachada nos Estados Unidos. Quando caíam na conta da empresa no exterior, operadores disponibilizavam o dinheiro em espécie no Brasil para ser entregue a suspeitos de serem intermediários do deputado. As entregas ocorriam em casas em Brasília e em hotéis em São Paulo. Os indícios de corrupção e lavagem de dinheiro levaram o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, a autorizar a PF a cumprir 18 mandados de busca e apreensão, em Brasília, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Na decisão, o ministro destacou "a existência de relevantes indícios que denotam o recebimento, pelo parlamentar investigado, de pelo menos R$ 3.250.000,00 a fim de evitar a convocação e o indiciamento, pela CPI, da qual o deputado era relator, de Wagner Pinheiro de Oliveira, ex-presidente da Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros), e de Antônio Carlos Conquista, ex-presidente do Instituto de Previdência Complementar (Postalis)”. Celso de Mello disse que a busca no Congresso foi necessária diante dos indícios descobertos na investigação e que não cabe tratamento diferenciado a parlamentares: “Não pode existir santuários de proteção em favor de pessoas sob investigação por supostas práticas criminosas, a significar que se revela incompatível com o primado da lei a outorga de imunidade objetiva a certos espaços institucionais reservados a determinadas autoridades". O que dizem os citados: O deputado federal Sergio Souza disse que está tranquilo e à disposição da Justiça, que trabalhou com afinco na CPI, que ela identificou desvios bilionários dos fundos de pensão e que propôs o indiciamento de mais de 300 pessoas físicas e jurídicas. Nós não conseguimos contato com as defesas de Wagner Pinheiro de Oliveira e de Antônio Carlos Conquista.
Tue, 22 Oct 2019 00:24:35 -0000
No Japão, Bolsonaro fala sobre crise no PSL: "é igual a ferida, cicatriza naturalmente"
Motivo da visita de Bolsonaro ao Japão é a cerimônia de proclamação da entronização do imperador Naruhito. Presidente pretende tratar com o primeiro-ministro assuntos econômicos. O presidente Bolsonaro chegou ao Japão para viagem de 12 dias pela Ásia O presidente Jair Bolsonaro está no Japão. A viagem de duas semanas pela Ásia tem objetivos econômicos, mas a crise no PSL acabou ocupando a agenda. O presidente Jair Bolsonaro chegou dizendo que política é como nuvem. Não queria falar sobre o PSL. “Questões de casa eu resolvo em casa”, disse ele. E se limitou a adiantar o que pretende tratar com o primeiro-ministro, Shinzo Abe, na quarta-feira (23): Amazônia, livre comércio e relação com investidores japoneses. Mas o motivo da visita de Bolsonaro ao Japão é a cerimônia de proclamação da entronização do imperador Naruhito. Um ato especial de apresentação do novo imperador japonês para o mundo. Porque Naruhito assumiu o poder em maio, depois que o pai Akihito abdicou do trono. A cerimônia imperial será nesta terça (22). Nesta segunda, Bolsonaro não teve agenda oficial. Preencheu a tarde indo ao templo xintoísta Meiji. Seguiu o rito japonês de lavar mãos, símbolo de purificação e antes de ir a uma hamburgueria, deu uma volta no tumultuado comércio do bairro Shibuya. E acabou falando das brigas no PSL. O presidente nega que haja crise ou risco para a reforma da Previdência no Senado. Jair Bolsonaro: Que crise política? Inventaram a crise política. Repórter: O senhor acha que não há crise? Jair Bolsonaro: Crise nenhuma, zero. Sobre a troca de farpas da ex-líder do governo Joice Hasselmann com o filho dele, Eduardo Bolsonaro, disse que em política não pode haver mágoa e que foi um bate-boca exacerbado. Jair Bolsonaro: A maioria no PSL são novos na política. Muito novata, achando que chega já sabe de tudo. Eu passei 28 anos ali sem um cargo. Problemas eu tive lá dentro, mas sem chegar ao nível que um parlamentar chegou agora... No linguajar que eu nunca vi em lugar nenhum no mundo. Repórter: O senhor consegue ver alguma expectativa de um desfecho? Jair Bolsonaro: Não, não. Essas coisas acontecem, é igual a uma ferida, cicatriza naturalmente.
Tue, 22 Oct 2019 00:21:32 -0000
Estudo conclui que a poluição contribui para aumento do número de infartos e derrames
Pesquisadores britânicos calcularam a média de chamadas de emergência ao longo do ano, no Reino Unido, e concluíram que foram 124 chamadas extras de paradas cardíacas por causa do ar sujo. Pesquisa britânica afirma que poluição contribui para aumento de infartos e derrames Uma pesquisa britânica concluiu que o aumento da poluição atmosférica é acompanhado pelo aumento de ocorrências de derrames e de infartos. É uma média assustadora: quase meio milhão de mortes ligadas à poluição só na Europa por ano. A poluição é um assassino silencioso, mas também deixa rastros. Para ter uma noção do impacto desse problema no dia a dia, os pesquisadores foram atrás das sirenes pelo Reino Unido. Primeiro, eles calcularam a média de chamadas de emergência ao longo do anos. Depois, eles compararam com a média só em dias em que medidores detectaram poluição acima dos níveis permitidos. A conclusão é que, nessas nove cidades, foram 124 chamadas de emergência extras no ano de paradas cardíacas por causa da poluição. Os dias de alta poluição provocam 231 internações a mais de acidente vascular cerebral por ano. A equipe da universidade britânica King's College também calculou 193 ataques de asma adicionais em crianças e adultos. Os pesquisadores afirmaram que as políticas de redução da poluição do ar trabalham com estatísticas frias; de mais longo prazo, como um aumento dos casos de pulmão atrofiado ou recém-nascidos com peso baixo. Os dados divulgados de hoje destacam a necessidade de medidas urgentes. É um chamado de emergência.
Tue, 22 Oct 2019 00:19:14 -0000
Ruas são interditadas e trânsito muda em Lauro de Freitas após surgimento de cratera gigante

Buraco se formou, nesta segunda-feira (21), após rompimento de adutora da Embasa. Cratera gigante se formou em Lauro de Freitas Divulgação/Prefeitura de Lauro de Freitas A prefeitura de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, informou que algumas vias da cidade precisaram ser interditadas em decorrência da cratera gigante que se formou na cidade após o rompimento de uma adutora da Embasa, na manhã desta segunda-feira (21). Segundo a prefeita Moema Gramacho, técnicos da Embasa que estiveram no local explicaram que a causa do rompimento foi um aumento de tensão na rede registrado entre 2h e 6h. Não há informações, no entanto, sobre o que provocou o aumento da tensão. O G1 entrou em contato com a Embasa, mas não obteve retorno. O buraco se abriu na Rua Dois de Julho, no bairro do Capelão. Em imagens feitas no local é possível ver que quase toda a pista foi "engolida" pelo buraco, que se formou na beira de um barranco. Rompimento de adutora forma cratera gigante em rua de Lauro de Freitas, na BA Raphael Marques/TV Bahia Por conta do problema, a via que liga os bairros do Capelão, Areia Branca e Jambeiro foi interditada pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP). A prefeitura disse ainda que outros dois pontos da região também foram danificados parcialmente, mas estão sendo recuperados pela Embasa e a previsão que é sejam liberados ao trânsito na terça-feira (22). O trajeto dos ônibus foi deslocado para a Cia Aeroporto e a Gerino de Souza Filho, subindo a ladeira do Jambeiro. Os motoristas que seguirem em direção ao Capelão podem optar ainda pelo bairro de Vida Nova. No início da tarde desta segunda, a prefeita Moema Gramacho esteve no local acompanhando a intervenção da Embasa, que, segundo a prefeitura, desde o início da manhã providenciava a substituição das tubulações. Por meio de nota, a prefeita informou que a Embasa garantiu que não há risco para as moradias próximas, que o abastecimento de água será normalizado na região em até 48h. A prefeita ainda disse que a Embasa se comprometeu a fazer a recuperação da via o mais rápido possível. Veja mais notícias no estado no G1 Bahia. Rompimento de adutora forma cratera gigante em rua de Lauro de Freitas, na BA Raphael Marques/TV Bahia Rompimento de adutora forma cratera gigante em rua de Lauro de Freitas, na BA Rphael Marques/TV Bahia
Tue, 22 Oct 2019 00:18:59 -0000
900 toneladas de óleo já foram recolhidas das praias, diz Marinha

Manchas de óleo já atingem 200 locais nos 9 estados do Nordeste. Voluntários e funcionários do Ibama, Marinha e Petrobras trabalham para retirar resíduos. Óleo está sendo removido das praias de Pernambuco com a ajuda de voluntários Otton Veiga/TV Globo Pelo menos 900 toneladas de resíduos já foram recolhidas das praias afetadas pelas manchas de óleo no Nordeste, segundo a Marinha. O balanço foi publicado nesta segunda-feira (21) e é assinado em conjunto com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Agência Nacional de Petróleo (ANP). As manchas de petróleo surgiram em 30 de agosto e já afetaram 200 locais em 9 estados, segundo o último relatório do Ibama. Lista de praias atingidas pelas manchas de óleo no Nordeste Nesta segunda, o vice-presidente Hamilton Mourão disse que "o máximo" que o governo pode fazer "é ter gente capacitada" para recolher os resíduos, já que não se consegue identificar as causa da mancha de óleo. Mourão anunciou ainda o reforço de 4 mil a 5 mil homens da 10ª Brigada do Exército, em Recife, para auxiliar nas ações de limpeza. Atualmente a limpeza das praias está sendo realizada por equipes estaduais, voluntários e também por funcionários da Marinha, do Ibama e da Petrobras. Ao todo a Marinha já mobilizou 1.583 militares nas ações. Já a Petrobras tem 500 pessoas trabalhando simultaneamente na limpeza das praias e 30 profissionais atuando na central de planejamento e logística da companhia, no Rio de Janeiro. Com 74 servidores, o Ibama está atuando também no monitoramento das praias e animais afetados. Initial plugin text
Tue, 22 Oct 2019 00:18:41 -0000
STF nega recurso e mantém júri popular para mãe do menino Joaquim em Ribeirão Preto, SP

Ministros acompanharam parecer do relator Luiz Fux. Psicóloga e o padrasto da criança, Guilherme Longo, serão julgados separadamente por homicídio doloso. A mãe do menino Joaquim Ponte Marques, Natália Mignone Ponte, em Ribeirão Preto Reprodução/EPTV O Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão de levar a júri popular a psicóloga Natália Ponte, mãe do menino Joaquim Ponte Marques, morto em Ribeirão Preto (SP), em 2013. Em resposta a um recurso contrário da defesa de Natália, os ministros reforçaram o entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ), acompanhando o parecer do relator Luiz Fux, que anteriormente já havia adotado posição semelhante em decisão monocrática. Com isso, em vez de homicídio culposo, a psicóloga vai responder por homicídio doloso, ou seja, cometido quando há intenção, mas por omissão em relação ao filho. Advogado da psicóloga, Nathan Castelo Branco informou ao G1 que impetrou um habeas corpus junto ao STF para que o mérito do recurso contra a decisão do STJ seja avaliada. No mesmo pedido, ele requereu uma liminar pela suspensão do processo até o julgamento final. Acusado de matar menino Joaquim, Guilherme Longo dá entrevista exclusiva à EPTV Reprodução/EPTV Processo desmembrado Em junho, a Justiça de Ribeirão Preto desmembrou a ação penal do caso, o que resultou em julgamentos separados para o padrasto da criança, Guilherme Longo, e para Natália. As datas ainda não foram definidas. O Ministério Público acusa Longo de ter usado uma alta dose de insulina para matar a criança e de tê-la jogado em um córrego próximo à residência da família. Para a Promotoria, Natália foi omissa em relação ao filho, uma vez que tinha conhecimento de que o companheiro era usuário de drogas e tinha comportamento violento. Ambos respondem por homicídio triplamente qualificado por motivo fútil, meio cruel e recurso que impossibilitou defesa. Longo ainda é réu por ocultação de cadáver. O padrasto de Joaquim está preso em Tremembé (SP). Já Natália responde em liberdade. O menino Joaquim Ponte Marques foi encontrado morto cinco dias após desaparecer da casa onde morava em Ribeirão Preto Reprodução Júri popular Em abril, a defesa de Natália entrou com um recurso no STF depois que o Superior Tribunal de Justiça manteve o júri popular e ainda determinou que ela voltasse a responder por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Em junho do ano passado, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) havia acolhido recurso da defesa da psicóloga, para torná-la ré por homicídio culposo. No novo recurso, o advogado Nathan Castelo Branco pediu ao STF que a mãe de Joaquim fosse julgada pela juíza responsável pelo caso em primeira instância, Izabel Cristina Alonso Bezerra Zara, evitando os sete jurados. Em decisão monocrática, o ministro Luiz Fux negou o pedido ao entender que as argumentações da defesa não se mostram aptas a enfraquecer os fundamentos que ratificaram a decisão anterior do STJ, favorável ao júri popular. Relator do processo no STF, Fux reforçou seu posicionamento e acabou seguido pelos demais ministros na votação mais recente. Guilherme Longo foi localizado pelo Fantástico em Barcelona, na Espanha Fantástico/Reprodução Morte há cinco anos O corpo de Joaquim foi encontrado no Rio Pardo, em Barretos (SP), em novembro de 2013, cinco dias após o menino desaparecer da casa onde morava com a mãe, o padrasto e o irmão, no Jardim Independência, em Ribeirão Preto. A Polícia Civil concluiu que o padrasto matou o menino, que sofria de diabetes, com uma alta dose de insulina, e jogou o corpo em um córrego próximo à residência da família. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou ausência de água no organismo, o que descartou a suspeita de afogamento, mas não identificou outras substâncias. Em janeiro de 2014, o TJ-SP concedeu habeas corpus à psicóloga Natália Ponte. Desde então, ela aguarda o julgamento em liberdade. Em fevereiro de 2016, Longo obteve autorização da Justiça para sair da cadeia, mas teve a liberdade provisória suspensa após desaparecer da casa dos pais em Ribeirão Preto, em setembro de 2016. O padrasto de Joaquim foi preso em abril de 2017, em Barcelona, na Espanha. Extraditado para o Brasil, ele foi levado de volta à Penitenciária de Tremembé (SP). Initial plugin text
Tue, 22 Oct 2019 00:17:42 -0000
Explosão de caça da Marinha, relato após 5 anos nos Arautos, baleado na cabeça; se informe no giro pelo interior
G1 traz principais assuntos que repercutiram ao longo desta segunda-feira (21). Uma jovem do interior do Rio, ex-integrante do grupo Arautos do Evangelho, contou à Inter TV sobre a experiência que teve com a congregação católica. Os Arautos estão sendo investigados pelo Ministério Público após denúncias de humilhações, tortura, assédio e estupro. No depoimento, veiculado no RJ1 da emissora, a jovem disse, entre outras coisas, que não podia mostrar afeto porque a "vocação deles não permitia" e que tinha os ombros amarrados na cadeira para aprender regras de etiqueta durante as refeições. Saiba mais aqui. Em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio, um caça da principal base aérea naval do Brasil pegou fogo durante decolagem na manhã desta segunda-feira (21). De acordo com a Marinha, o piloto saiu com vida, não sofreu ferimentos e passa bem. Saiba mais aqui. Também na manhã desta segunda na Região dos Lagos, um homem foi encontrado morto com um tiro na cabeça e um no peito. Foi em Iguabinha, bairro de Araruama. A Polícia Civil investiga o caso. Saiba mais aqui. Agora, subindo a Serra, uma mulher ficou ferida nesta segunda após o carro que ela dirigia cair dentro de um rio em Petrópolis. Segundo os bombeiros, a vítima foi encaminhada com ferimentos leves para o Hospital Santa Teresa. Saiba mais aqui. Na mesma cidade, uma outra mulher também ficou ferida, mas por causa de um incêndio no domingo (20). O fogo consumiu parte do apartamento em que ela estava, no terceiro andar de um hotel que fica no bairro Quitandinha. Saiba mais aqui. Veja outras notícias das regiões no G1 Região dos Lagos e Região Serrana.
Tue, 22 Oct 2019 00:17:13 -0000
Cinco mil soldados do Exército vão reforçar ações contra manchas de óleo no Nordeste
Presidente em exercício, Hamilton Mourão, anunciou que o Exército também vai participar das ações e prometeu enviar mais equipamentos para as defesas civis dos estados. Cinco mil soldados do Exército vão reforçar ações contra manchas de óleo no Nordeste Cinco mil soldados do Exército vão reforçar as ações contra as manchas de óleo no litoral do Nordeste. Ao lado de uma enorme mancha de óleo, voluntários pedem ajuda em Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho, região metropolitana do Recife. Nesta segunda (21), quatro praias amanheceram sujas. No Paiva, voluntários acharam embalagens plásticas cheias de óleo que foram levadas para análise da Marinha. Moradores, equipes do governo federal e de governos locais já tiraram, segundo a Marinha, 900 toneladas de resíduos de 207 áreas ao longo de 2,2 mil quilômetros do litoral do Nordeste. Um avião do Ibama chegou, nesta segunda, ao aeroporto do Recife para monitorar o litoral pernambucano e tentar identificar óleo em alto-mar. O presidente em exercício, Hamilton Mourão, falou das dificuldades para lidar com o óleo e disse que o máximo que o governo pode fazer é ter gente para recolher os resíduos. “É um caso único na história do mundo, não temos notícia. É diferente daquelas manchas de petróleo que avançam pelo mar, as próprias medidas de contenção são complicadas, o máximo que a gente pode fazer hoje é ter gente capacitada para recolher esse óleo que chega nas praias. E é isso que nós estamos fazendo”, disse. Hamilton Mourão acompanhou de Brasília a atualização do grupo montado pela Marinha para coordenar os trabalhos. Ele anunciou que o Exército também vai participar das ações, com 5 mil militares de uma brigada no Recife. E prometeu enviar mais equipamentos para as defesas civis dos estados. Mourão disse que a origem do vazamento do óleo é um mistério, que aguarda as investigações e que não há previsão de quando o óleo vai parar de chegar às praias. “Esse óleo que chegou agora a Pernambuco, vamos dizer, uma segunda vaga de assalto. Já houve a primeira vaga de assalto e agora chegou a segunda. Então, pode ter ficado para trás na hora que foi lançado no mar”, detalhou. A Justiça Federal quer mais do que limpeza nas praias. Decisões de Pernambuco e Alagoas cobram do governo medidas para conter o óleo. Entre as ações está a colocação de barreiras nas praias. A Advocacia-Geral da União declarou que está tomando medidas para cumprir a decisão da Justiça, e que os órgãos responsáveis estão engajados na limpeza, na contenção e no monitoramento das manchas de óleo.
Tue, 22 Oct 2019 00:14:47 -0000
Mãe faz vídeo para mostrar situação precária de ônibus que transporta crianças da zona rural; assista

Veículo, que ficou quebrado no trajeto, não tem cinto de segurança e nem faróis traseiros. Secretaria de Educação de Peixe diz que o transporte está substituindo ônibus quebrado por pouco tempo. Mãe denuncia estrutura precária de ônibus escolar da zona rural de Peixe Os moradores da zona rural de Peixe, no sul do Tocantins, estão preocupados com as condições do transporte público. É que as crianças estão sendo levadas para a escola em um ônibus com vários problemas. Indignada, a mãe de um estudante fez vídeo para cobrar uma solução para o problema. (Assista acima) O problema é na região do assentamento bananal. A mulher aproveitou o momento em que o ônibus estava parado no meio da pista para filmá-lo. Pelas imagens é possível ver que não havia cinto de segurança nas poltronas e o teto estava desgastado. Além disso, o veículo não tinha os faróis traseiros. "Veja se tem condições de carregar crianças em um ônibus desse. Vidro passou longe. Ele [ônibus] está aqui quebrado no meio da estrada, mas isso são coisas que ninguém se admira. Isso não é novidade. Olha as condições desse ônibus", reclamou a mulher. O outro lado A Secretaria de Educação de Peixe informou que o ônibus mostrado na reportagem está circulando provisoriamente enquanto outro veículo do transporte escolar, que está na oficina, fica pronto. A Prefeitura disse ainda que o ônibus da rota é importado e aguarda a chegada das peças para substituição. A previsão é que o outro veículo volte a funcionar na próxima quarta-feira (23). Ônibus escolar não tem faróis Reprodução/TV Anhanguera Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Tue, 22 Oct 2019 00:14:45 -0000
Duas pessoas são feitas reféns em assalto na BR-101, em Linhares, ES
Vítimas conseguiram pedir socorro na Serra, na Grande Vitória. Caso é investigado. Criminoso fazem reféns na BR-101, em Linhares Duas pessoas foram feitas reféns durante um assalto, na BR-101, em Linhares, na região Norte do Espírito Santo, nesta segunda-feira (21). As vítimas conseguiram se libertar dos suspeitos na Serra, região metropolitana de Vitória. Os criminosos e o carro roubado não foram localizados pela polícia. As duas pessoas foram abordadas no bairro Planalto, em Linhares, por criminosos armados. As vítimas foram ameaçadas e obrigadas a seguirem viagem com os suspeitos. De acordo com a Polícia Militar, as vítimas foram feitas reféns por duas horas. Já na Serra, eles conseguiram pedir ajuda em um posto de combustíveis. As duas pessoas foram levadas pela Polícia Militar para registrar o caso em uma delegacia. Os criminosos e o carro ainda não foram localizados. Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Tue, 22 Oct 2019 00:13:23 -0000

Database connection error
Error Message: DB Error: connect failed