Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
VÍDEOS: JM de quarta-feira, 8 de abril

Assista aso vídeos do telejornal com as notícias da Bahia. Assista aso vídeos do telejornal com as notícias da Bahia.
Wed, 08 Apr 2020 10:28:21 -0000
Para enfrentar quarentena, alunos da Unesp e UFSCar recriam faculdades em realidade virtual

Departamentos, fachadas e ruas são construídos com detalhes no Minecraft. Estudantes de Rio Claro e São Carlos (SP) já participaram até de festas virtuais dentro do jogo. Estudantes reconstroem campus da Unesp de Rio Claro no Minecraft Minecraft/Reprodução Os estudantes da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Rio Claro (SP), e da Universidade Federal de São Carlos (UFScar), em São Carlos (SP), estão reconstruindo seus campi no Minecraft, um jogo on-line. A ideia surgiu como entretenimento para enfrentar a quarentena. Unesp suspende aulas após avanço do coronavírus UFSCar suspende aulas nos quatro campi Com as aulas suspensas devido a pandemia de Covid-19, o que começou com uma brincadeira virou um projeto sério, em que os alunos têm dedicado horas diárias para reproduzir de maneira fiel as estruturas das faculdades. “É uma diversão bem grande, mas também acaba sendo como se fosse um trabalho, porque temos um objetivo, reconstruir a UFSCar, e estamos levando isso muito a sério. Além disso, por ser difícil, acaba ocupando bastante o tempo”, disse o estudante de Psicologia da UFScar e músico, Pedro Carrara, que está participando da construção. Minecraft UFSCar foi criada no Minecraft por estudantes durante quarentena Minecraft/Reprodução Segundo o estudante de ciências da computação Alcides Mignoso, que ajudou a iniciar o projeto, o Minecraft é um game em que os jogadores exploram um mundo 3D. Há também algumas categorias dentro do jogo e a que os estudantes utilizam é a criativa. “Basicamente, o Minecraft é um jogo onde um jogador, em um mundo virtual, pode interagir com o mapa, como colocar ou quebrar blocos. Nós utilizamos o modo criativo por liberar recursos ilimitados para nós”, afirmou Mignoso. Carrara ainda explica que esses blocos podem ser de diversos materiais, como terra, madeira ou cimento e é com eles que as obras são realizadas. Em outros modos, não seria possível construir os locais, pois o jogador precisaria conquistar os recursos. Construção colaborativa Pedro Carrara e Alcides Mignoso estão construindo o campus da UFSCar Arquivo Pessoal Para os jogadores poderem colaborar, é necessário criar um servidor e compartilhar com os demais interessados no projeto. “O servidor é um recurso que permite que pessoas se conectem à sua rede para jogar no mesmo mundo”, explicou o estudante de Matemática da Unesp Rio Claro, Gabriel Medeiros, que está reconstruindo seu campus. Este servidor precisa estar hospedado em alguma plataforma e, segundo Mignoso, muitos sites oferecem hospedagem gratuita para quem é estudante, o que facilita os projetos. Com isso, diversos alunos conseguem se conectar e colaborar para a reconstrução das faculdades. “O servidor é aberto e qualquer um pode facilmente baixar o jogo e colaborar. Mais de 30 pessoas já chegaram a construir simultaneamente, o pessoal está se dedicando muito”, comentou o estudante de Ciências da Computação. Gabriel e Isabella, em quarentena, reproduzem a Unesp Rio Claro no Minecraft Arquivo pessoal Canais de comunicação também foram criados para quem está reconstruindo a UFSCar. “Estamos utilizando um canal de voz para que os jogadores possam conversar por microfone”, explicou Mignoso. Um grupo de WhatsApp também foi criado para os alunos trocarem experiências e pedir ajuda. “Esses canais são bem úteis, por exemplo, eu posso aparecer e falar ‘hoje vou construir meu departamento, quem quer me ajudar?’, então o pessoal se pronuncia e a gente começa a jogar juntos”, contou Carrara. Fiel à realidade Prédio da Biblioteca Comunitária da UFSCar, onde os alunos costumam estudar Minecraft/Reprodução O objetivo do jogo é chegar o mais próximo da realidade. Para isso, a estudante de Geologia da Unesp Rio Claro, Isabella de Oliveira Franco, contou que os estudantes utilizam diversos meios para relembrarem como são as estruturas do campus. “Está sendo usado de tudo um pouco. Para fazer em escala e traçar os limites, usamos o software Google Earth, em que é possível delimitar polígonos e calcular distâncias. Para decorar e fazer os detalhes, estamos usando nossa memória, consultando os amigos, pedindo fotos e também usando o Google Street View, que ajuda muito”, disse Isabella. Os alunos da UFSCar seguem os mesmos procedimentos e acrescentam que, como passam muito tempo na Universidade, o departamento e outros lugares que mais frequentam acabam ficando fresco na memória. Festas virtuais ‘Palquinho’, na área sul da UFSCar, é frequentado, na realidade, para confraternizações de estudantes Minecraft/Reprodução Apesar do jogo não ser focado na criação de personagens, há alguns recursos que podem ser agregados para realizar essa função, e os estudantes de Rio Claro aproveitaram a oportunidade para participar de festas dentro de outras universidades construídas no mundo virtual. “Cheguei até a participar de uma das festas no Minecraft, não é como uma festa real, mas considerando a criatividade e a infinidade de recursos do jogo, é um modelo diferente e muito divertido”, disse o estudante de Matemática, Gabriel Medeiros. Outros meios também foram utilizados para divertir ainda mais os jogadores, como o programa Skype, onde as pessoas podiam escutar a mesma música durante a confraternização e conversarem por voz. Entusiasmo Lago da UFSCar é reproduzido com blocos no Minecraft Minecraft/Reprodução Os estudantes contam que os resultados estão deixando todos muito animados, além do projeto ajudar a enfrentar o isolamento de uma forma divertida. “Acho que está sendo uma boa forma de passar o tempo em quarentena. Muitas pessoas relataram sentir falta da rotina”, disse Mignoso. “Nos grupos de universidade do Facebook, construir seu campus no Minecraft virou uma verdadeira febre, inúmeras universidades já estão sendo construídas e sem dúvidas está sendo muito divertido ver tanta gente assim com saudades de seus campus”, afirmou Isabella. A estudante também comenta que, além da construção em si ser prazerosa, o Minecraft é um jogo que a sua geração cresceu brincando, então é ‘nostálgico em dobro’. Segundo ela, pelo campus da Unesp Rio Claro ser um dos maiores, o projeto pode durar a quarentena toda e até depois. Veja mais imagens da UFSCar: UFSCar é 'recriada' por estudantes no Minecraft Minecraft/Reprodução UFSCar é 'recriada' por estudantes no Minecraft Minecraft/Reprodução UFSCar é 'recriada' por estudantes no Minecraft Minecraft/Reprodução UFSCar é 'recriada' por estudantes no Minecraft Minecraft/Reprodução Veja mais imagens da Unesp, em Rio Claro: Estudantes 'recriam' campus da Unesp de Rio Claro Minecraft/Reprodução Estudantes 'recriam' campus da Unesp de Rio Claro Minecraft/Reprodução *Sob supervisão de Fernando Bertolini, do G1 São Carlos e Araraquara. Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.
Wed, 08 Apr 2020 10:28:20 -0000
Veículo capota após batida e motorista fica preso às ferragens

O trânsito no local está bloqueado para a retirada dos carros. Capotamento no cruzamento das ruas Lagarto e Estância, no Centro de Aracaju Guilherme Menezes Na manhã desta quarta-feira (8), o motorista de um veículo de passeio ficou preso às ferragens após o carro em que ele estava bater em outro e capotar, no cruzamento das ruas Lagarto e Estância, no Centro de Aracaju. O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar a vítima, que passa bem. De acordo com a Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran), o local está parcialmente bloqueado para a retirada dos veículos.
Wed, 08 Apr 2020 10:26:51 -0000
Homem usa fantasia da Morte para 'expulsar' idosos de rua no interior de SP; vídeo

Imagem mostra morador de Mirandópolis (SP) pedindo para idosos irem embora; cidade tem mais de 10 casos suspeitos de coronavírus. Homem usa fantasia da Morte para expulsar idosos de rua em Mirandópolis Reprodução Um morador de Mirandópolis (SP) resolveu vestir uma fantasia da Morte para ‘expulsar’ idosos que estão saindo de casa e frequentando as ruas do município durante a quarentena decretada pelo governo do estado para evitar novos contágios de coronavírus. Veja as últimas notícias sobre o coronavírus na região A cena inusitada chamou atenção de pessoas que passavam pela região central da cidade. Um vídeo gravado por um morador mostra o homem fantasiado (veja abaixo). Na imagem é possível vê-lo carregando uma foice de brinquedo em uma das mãos. Ele se aproxima de uma idosa, que está com uma máscara no rosto, e faz sinal para que ela vá embora. Homem usa fantasia da Morte para 'expulsar' idosos de rua no interior de SP Em seguida, o homem conversa com uma pessoa que não aparece na gravação. No entanto, é possível escutar o diálogo entre os dois. “Conscientizando só. É uma brincadeira consciente. Estou atrapalhando? Obrigado”, diz a ‘Morte’, que não teve a identidade revelada. Até esta terça-feira (7), Mirandópolis registrava 11 casos suspeitos da doença Covid-19. Há uma morte sendo investigada. Trata-se de um homem de 66 anos que estava internado em um hospital particular. 'Morte' pede para idosos saírem das ruas em Mirandópolis Arquivo Pessoal Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Rio Preto e Araçatuba
Wed, 08 Apr 2020 10:24:50 -0000
Gurupi confirma primeiro caso de Covid-19 e estado chega a 22 infectados por coronavírus

Paciente tem doença preexistente e está internado com falta de ar. Palmas, Araguaína e Gurupi confirmaram casos na noite desta terça-feira (7); estado não tem mortes. Visão geral de Gurupi, na região sul do estado Divulgação/Prefeitura de Gurupi A Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi, na região sul do estado, confirmou na noite desta terça-feira (7) o primeiro caso de coronavírus em um morador da cidade. Com essa nova confirmação, o estado chega a 22 pacientes infectados em quatro cidades. São 14 casos em Palmas, seis em Araguaína, um em Dianópolis e outro em Gurupi. Além de Gurupi, as secretarias de saúde de Araguaína e Palmas também confirmaram um caso, cada uma, na noite desta terça-feira (7). Como o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde já havia saído, estes três pacientes só devem ser incluídos na lista desta quarta-feira (8). O Tocantins é o único estado do país que não registrou mortes por causa da Covid-19. De acordo com a Secretaria de Saúde de Gurupi, o morador que testou positivo tem 58 anos. Ele tem um histórico de uma doença preexistente e nos últimos quinze dias tinha retornado de Goiânia após fazer uma cirurgia. Ele foi atendido inicialmente em um hospital particular de Palmas com sintomas da doença e está internado desde domingo (5). O exame que confirmou infecção por coronavírus foi feito na rede particular e o resultado saiu na noite desta terça-feira (7). Ainda conforme a secretaria, o homem está estável, com dificuldade para respirar, mas não tem febre e nem tosse. A Vigilância Epidemiológica da cidade está monitorando as pessoas que tiveram contato mais próximo com o paciente e a família dele está em isolamento domiciliar. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Wed, 08 Apr 2020 10:24:39 -0000
Suspeito de tráfico morre em ação da Polícia Militar em Roteiro, AL
O suspeito chegou a ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. Um jovem de 18 anos, suspeito de tráfico de drogas, morreu em uma troca de tiros com militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) na cidade de Roteiro. De acordo com a polícia, o jovem identificado como José Agraciel Procópio dos Santos, reagiu a abordagem e tentou fugir. Na fuga, houve troca de tiros e ele foi atingido no tórax. O suspeito chegou a ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. Com Santos, a polícia encontrou um revólver calibre 38, 170 gramas de maconha, 95 bombinhas de maconha e R$ 63,00 em espécie. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
Wed, 08 Apr 2020 10:23:01 -0000
Prefeitura de Mogi Guaçu confirma a primeira morte provocada pelo novo coronavírus

Paciente é um homem de 83 anos que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva; cidade investiga mais um óbito suspeito da doença. Município contabiliza dois casos positivos de Covid-19. A Prefeitura de Mogi Guaçu (SP) confirmou na noite desta terça-feira (7) a primeira morte provocada pelo novo coronavírus. O paciente é um idoso de 83 anos, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e teve óbito registrado na noite desta terça. O município também aguarda o resultado de outra morte suspeita na cidade, de uma idosa de 80 anos. A confirmação sobre a causa do óbito depende exame a ser feito pelo Instituto Adolfo Lutz, na capital paulista, e a família dela foi orientada a manter isolamento domiciliar. Segundo a prefeitura, com este resultado a Saúde contabiliza dois casos confirmados de coronavírus, enquanto há 41 suspeitos à espera de exames - seis deles internados em hospitais, e os outros mantidos em isolamento domiciliar. Dezessete casos que eram considerados suspeitos já foram descartados. O município conta, no total, com 60 notificações, sendo 50 moradores da cidade e 10 que não residem em Mogi Guaçu, informou a prefeitura. MAPA: casos de coronavírus pelo Brasil Coronavírus: veja perguntas e respostas O primeiro caso positivo notificado na cidade é um jovem que esteve em trânsito por aeroportos brasileiros, está em isolamento domiciliar e passa bem. Ele fez exame em rede particular. O outro caso positivo informado pela prefeitura na segunda-feira (6), de um profissional da saúde, passou a ser contabilizado por Mogi Mirim, pelo fato de ser residente do município vizinho, informou a prefeitura, em nota publicada. Histórico Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o idoso esteve em São Paulo antes de começar a apresentar os sintomas. O resultado positivo do teste para a Covid-19 no paciente havia sido divulgado no final da tarde desta terça-feira. Ele estava internado na UTI, quando houve agravamento do quadro e a morte foi registrada na noite de terça. "Todos os protocolos necessários para liberação do corpo e sepultamento estão sendo adotados neste momento. A Secretaria de Saúde presta todo apoio e solidariedade para familiares e amigos”, diz o texto publicado nas redes sociais da prefeitura. Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Wed, 08 Apr 2020 10:21:58 -0000
Curitiba tem mais 17 pontos de vendas de pescado para a Páscoa neste ano; confira

Ao todo, segundo a prefeitura, são 69 pontos na cidade. Curitiba tem 17 pontos extras vendendo pescado para a Páscoa Roberto Couto/SMAB Curitiba tem, neste ano, mais 17 pontos de vendas de pescado para a Páscoa. Ao todo, são 69 pontos na cidade. A Páscoa será celebrada no domingo (12). De acordo com a prefeitura, além das 52 barracas em feiras livres, foram abertos mais 17 pontos em praças, parques, em esquinas de grande circulação de carros e perto de terminais de ônibus. Cada um desses 17 pontos de venda funciona em dias e horários especiais. Confira na lista abaixo. Onde ficam os pontos novos? Cruz do Pilarzinho – Rua São Domingos, esquina com a Av. Des. Hugo Simas Quarta-feira (8) – 07h às 20h Quinta-feira (9) – 07h às 20h Sexta-feira (10) – 07h às 12h Sítio Cercado - Praça Carlos Raul Heller na Rua David Tows, esquina com a Rua João Krawczykr Quinta-feira - 07h às 20h Sexta-feira - 07h às 12h Praça Largo Erasmo de Rotterdam - R. Cel. Brasilino Moura, esquina com a R. Deputado Wanderley Júnior Sexta-feira - 07h às 12h Praça Piazza San Marcos: Terminal Santa Felicidade Quarta-feira - 08h às 19h Quinta-feira - 08h às 19h Sexta-feira - 08h às 12h Praça Largo Padre Albino Vicco: esquina c/ Av. Winston Churchill – Capão Raso Sexta-feira - 08h às 12h Jovino do Rosário: esquina com a Rua Holanda – Boa Vista Quinta-feira - 14h às 20h Sexta-feira - 08h às 13h Praça 19 de dezembro Quarta-feira - 08h às 17h Quinta-feira - 08h às 17h Sexta-feira - 08h às 12h Sábado - 08h às 12h Terminal Fazendinha Quinta-feira - 08h às 18h Sexta-feira - 08h às 12h Terminal Barreirinha Quinta-feira - 08h às 17h Sexta-feira - 08h às 12h Praça Divina Pastora - Rua: Paulo.Martins esquina com a Manoel Ribas Quarta-feira - 08h às 17h Quinta-feira - 08h às 17h Sexta-feira - 08h às 12h Sábado - 08h às 12h Francisco Derosso, 5300 Quinta-feira - 07h às 18h Sexta-feira - 07h às 12h Rua da Cidadania Boa Vista Quarta-feira - 07h às 18h Quinta-feira - 07h às 18h Sexta-feira - 07h às 12h Praça do Expedicionário Quarta-feira - 07h às 12h Praça do Japão Quinta-feira - 07h às 12h Praça da Ucrânia Sábado - 07h às 12h Rua Adílio Ramos, esquina com a Rua José de Oliveira Franco Quinta-feira - 07h às 13h Sexta-feira - 07h às 13h R. Henrique Mehl, esquina com a Av. Com. Franco – frente ao Condor Quinta-feira - 15h às 19h Sexta-feira - 07h às 13h Frutos do mar são vendidos em 69 pontos, em Curitiba, para a Páscoa Luiz Costa/SMCS (arquivo) Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Wed, 08 Apr 2020 10:21:09 -0000
Pacientes reclamam de filas e aglomeração para retirar medicamentos na Rio Farmes
Usuários imunodeprimidos ou com doenças crônicas integram grupo de risco do coronavírus. Eles reclamam da exposição, já que espera pode durar até quatro horas. Muitos pacientes reclamam de filas e aglomeração na Rio Farmes - a farmácia de medicamentos de alto custo do governo do estado. A queixa é de pessoas que fazem parte do grupo de risco do coronavírus. Todos os meses, pacientes imunodeprimidos - que passaram por transplantes - e que têm doenças crônicas vão até o local para retirar remédios para seus tratamentos. De acordo com vídeos enviados para o Bom Dia Rio, os dependentes do serviço ficam aglomerados enquanto aguardam, com menos de 1,5 metro de distância uns dos outros. Os pacientes reclamam que o atendimento piorou e os atendentes não estão com luvas, máscaras ou outros equipamentos de proteção contra a Covid-19. Nesta quarta-feira (8), por volta das 7h, já havia uma fila pequena na frente da unidade, no Centro da cidade, que só começa a funcionar às 8h. Um dos pacientes chegou ao local por volta das 4h e estava aglomerado com os demais, debaixo de uma marquise para evitar a chuva. Os usuários também reclamam que a farmácia está exigindo a ida dessas pessoas ao local para marcar a retirada dos medicamentos. Ou seja, quem depende do serviço, tem de ir duas vezes à Rio Farmes e aguardar pelo atendimento demorado, que às vezes leva até quatro horas. O que diz a Secretaria de Saúde A Secretaria Estadual de Saúde recomenda que a população se adeque a uma rotina de menor mobilidade e contato. E explica que, apesar das restrições, a Rio Farmes mantém o funcionamento normal, desde o mês passado, para atender a demanda por medicamentos específicos. Diz ainda que os pacientes que se encaixam no perfil do grupo de risco da Covid-19 devem indicar um representante para fazer a retirada dos remédios. A secretaria informou ainda que foram feitas modificações no ambiente para reduzir o contágio, com atendimento em locais abertos, em tendas, indicando o espaçamentos entre as pessoas e fazendo o controle de entrada para evitar aglomerações. E com recipientes de álcool em gel localizados em pontos estratégicos da unidade. Initial plugin text
Wed, 08 Apr 2020 10:21:07 -0000
Gestamp reduz salários e coloca 1,2 mil funcionários em layoff na fábrica de Taubaté

Suspensão temporária dos contratos vale a partir do dia 13; redução dos salários varia de 5% a 25%. Gestamp implanta layoff na unidade de Taubaté a partir do próximo dia 13 A Gestamp vai suspender temporariamente o contrato de trabalho (layoff) dos 1,2 mil trabalhadores da fábrica de Taubaté a partir da próxima semana. A medida, segundo a empresa, foi tomada junto com o sindicato da categoria e serve para encarar a crise causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Saiba tudo sobre o novo Coronavírus Veja as principais notícias sobre o coronavírus no Vale e região bragantina Os funcionários já estão em férias coletivas, com duração até o dia 12 deste mês. Na próxima segunda (13), começa o layoff com duração de dois meses, podendo ser prorrogada por mais dois. Em Taubaté, a Gestamp emprega 1.200 pessoas. A redução dos salários vai de 5% a 25%, dependendo da faixa salarial. Para salários acima de 20 mil, foi definida a redução de 25% independente da jornada de trabalho. Todos os benefícios serão mantidos. A empresa também informou que os funcionários têm estabilidade no retorno pelo mesmo período que durar a suspensão e todos terão acesso a cursos on-line. Gestamp reduz salários e coloca 1,2 mil funcionários em layoff na fábrica de Taubaté Gestamp A Gestamp tem unidades no Brasil e o total de 4.500 mil funcionários. Quatro plantas estão situadas no estado de São Paulo. Do total de trabalhadores, 95% estarão em lay-off. Os demais estarão trabalhando em regime de home office. A justificativa é de que a empresa é uma multinacional que parou mundialmente por conta da pandemia. Com a falta de faturamento, foi preciso realizar a suspensão para manter os salários, os empregos e, desta forma, evitar demissões em massa. Initial plugin text
Wed, 08 Apr 2020 10:15:53 -0000

This page was created in: 0.02 seconds

Copyright 2020 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info